x
Atualizado em 16.05.2018 às 08:38

Interior - Agreste

Proibido

Agentes denunciam que internos da Funase Caruaru usam redes sociais

Publicado em 16.05.2018, às 08h31

Atualizado em 16.05.2018, às 08h38

Postagens em redes sociais foram feitas de dentro da unidade
Foto: reprodução/TV Jornal


NE10 Interior

Agentes socioeducativos da Funase de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, denunciam que os internos utilizam celulares e até redes sociais de dentro da unidade. A Funase informou que realiza revistas periodicamente na unidade para tentar coibir o uso dos aparelhos. A entrada dos equipamentos na unidade também é investigada.



Veja na reportagem do "TV Jornal Notícias", da TV Jornal Interior:

A promotora de Justiça Sílvia Amélia concedeu entrevista à TV Jornal Interior e informou que o Estado não consegue cumprir com o papel constitucional. O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) ajuizou ação em que pede que o Estado garanta a segurança dos adolescentes, o que inclui a entrada de celulares e outros materiais proibidos dentro das unidades de internação.

Confira:


Continue Lendo

Voltar para o topo