x
Atualizado em 10.01.2019 às 08:20

Interior

Repercussão

Vídeo com comentários contra nordestinos causa revolta nas redes

Publicado em 10.01.2019, às 08h11

Atualizado em 10.01.2019, às 08h20

Homens ainda não foram identificados
Foto: Reprodução/Vídeo


JC Online

Um vídeo que está circulando nas redes sociais vem causando revolta, principalmente entre os nordestinos. Isso porque na gravação dois homens, que ainda não foram identificados, aparecem fazendo comentários de caráter xenofóbico, voltado contra os moradores do Nordeste e também do Norte do País.

"Queria dizer o seguinte, agora que o Bolsonaro ganhou, ele vai excluir os nordestinos do grupo. Ele já acabou de me mandar um whatsapp. Agora é faca na caveira. A gente não vai mais suportar esse pessoal do Acre, Roraima, do Norte", diz um dos homens.

Em outro momento, um outro homem, com a camisa do Atlético-MG, reforça os comentários contra os nordestinos. "Essa galera do Nordeste tem que parar de gastar o dinheiro que o Sudeste produz", afirmou.


Vários internautas estão revoltados nas redes sociais, criticando a dupla. Muitos inclusive associaram com a água sanitária Dragão, afirmando que um dos homens seria da família da empresa. No entanto, por meio das redes sociais oficiais, a marca química negou qualquer envolvimento no conteúdo.

CONFIRA A NOTA

“Vimos esclarecer ao público, bem como aos nossos consumidores o nosso repúdio ao conteúdo veiculado no vídeo e nas mensagens que circulam nas redes sociais envolvendo o nome da marca DRAGÃO, caracterizando portanto #FAKENEWS.

Ressaltamos, contudo, que a DRAGÃO é uma empresa genuinamente NORDESTINA com muito orgulho, tendo fábricas nos estados de PERNAMBUCO, ALAGOAS E CEARÁ atuando há mais de 70 anos no mercado do Norte/Nordeste.

Lembramos ainda que o compartilhamento de #FAKENEWS é crime, previsto em lei.”

Via JC Online

Continue Lendo

Voltar para o topo