x
Atualizado em 09.08.2018 às 09:33

Interior - Sertão

Investigação

Cabeleireira é morta a tiros em Ingazeira, no Sertão

Publicado em 09.08.2018, às 09h05

Atualizado em 09.08.2018, às 09h33

Crime aconteceu na cidade de Ingazeira, no Sertão pernambucano
Foto: divulgação/PE de A a Z


NE10 Interior

Uma cabeleireira foi assassinada a tiros nessa quarta-feira (8) na cidade de Ingazeira, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, Maria de Fátima Pereira da Silva, 48 anos, estava em casa quando dois homens armados chegaram em uma motocicleta e cometeram o crime.

Maria de Fátima foi atingida por quatro disparos de arma de fogo; um na cabeça, um no tórax e dois nas pernas. Ela chegou a ser levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Regional Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Os suspeitos fugiram por uma estrada vicinal que liga Ingazeira a Tabira. A Polícia Militar realizou buscas na região, mas não conseguiu localizar a dupla. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão de Afogados da Ingazeira.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima trabalhava atendendo clientes em casa. A motivação do crime, que pode estar relacionada a vingança, ainda não foi identificada e nenhuma hipótese é descartada. O caso segue sob investigação.

Segundo assassinato do ano

A cidade de Ingazeira tem 4.542 habitantes e é conhecida por ser pacífica e tranquila. De acordo com dados da Secretaria de Defesa Social (SDS), de 2004 até 2017, foram registrados apenas quatro homicídios na cidade. O assassinato de Maria de Fátima é o segundo registrado em 2018. 

No dia 13 de julho deste ano, um comerciante de 76 anos foi assassinado a pauladas - provavelmente com um taco de sinuca - dentro do estabelecimento comercial dele, no bairro Horizonte. Com estes registros, 2018 já pode ser considerado o ano mais violento da história recente da cidade.

Continue Lendo

Voltar para o topo